Homenagem dia dos Pais

sampleDesenhos feitos pelos filhos dos nossos colaboradores, confira mais fotos no rodapé.

O dia dos pais é uma data muito especial, é o momento que nos dedicamos a oferecer mais atenção, amor e carinho aquele que fez tudo isso por nós todos os dias desde o nosso nascimento.

Pai é o herói de cada família, os filhos se espelham em seu exemplo, para as suas próprias vidas, muitos crescem e seguem a mesma profissão dos pais. A figura paterna é na maioria das vezes a imagem predominante de um lar, é a presença de respeito e autoridade, mais também representa aquele colo acolhedor, aquele conselho sábio e é claro a proteção.

Quem nunca contou com seu pai para soltar pipa num dia de sol, ou ensinar a andar de bicicleta, andar no parque, comprar doces, são tantos momentos que passamos juntos que não poderíamos deixar de agradecer a esses heróis por fazerem parte da nossa vida.

Pensando nisso a TRB, fez uma homenagem aos papais da transbritto, que fazem parte desse universo familiar, e perguntamos para cada um deles, “Como você se sente chegando em casa todos os dias após um dia de trabalho, revendo seus filhos”, e as respostas foram as mais emocionantes possíveis, confira:

Maurício – Gerente Comercial – (Isabel – 3 anos)

“Eu sinto que valeu a pena, o esforço de acordar cedo, enfrentar trânsito, desafios corriqueiros de uma empresa de transportes, nada mais gratificante do que ouvir “O papai chegou !!” “O papai chegou !!” “O papai chegou !!”

Fagner – Motoboy – Unidade ABC – (Yasmin – 6 anos)

“Me sinto um super herói, porque é assim que ela me vê, então brinco, converso, e esqueço de tudo, pra viver aquele momento com ela.”

Jair – Motoboy – Unidade Paulista – (Yasmin – 9 meses)

“Satisfação, essa é a palavra que descreve o que eu sinto, não vejo a hora que terminar o dia de trabalho pra chegar em casa e encontrar minha bebê.”

Antônio Geraldo – Motoboy – Uni. Alphaville – ( Manoela – 5 anos)

“Me sinto abençoado, me acalma, ver o rostinho dela feliz, vale a pena”

Fernando – 32 anos – Unidade Paulista ( Guilherme e Fernanda –7 e 11 anos )

“Me sinto feliz, com sensação de dever cumprido, sabendo que venci mais um dia”

Rodrigo – Coordenador Operacional – Unidade Paulista – (Davi Luiz – 1 Ano)

“É uma delícia, meu presente de Deus, a melhor sensação, saio correndo pra chegar em casa e ver aquele rostinho lindo.”

Claudemiro – Motoboy – Unidade Alphaville ( Thamires e Kaique – 15 e 8 anos)

“Sinto satisfação, orgulho de voltar pra casa, e o mais importante inteiro, com saúde e em paz, dever cumprido”

Júlio César – Motoboy – Uni. Vila Olímpia – ( Christian e Gabriely, 19 e 13 anos)

“Me sinto feliz chegar em casa e ver, abraçar e poder beijar eles. Beijo e abraço tanto que chegam a ficar enjoados kkkkk… amo muito! ”

Sidney – Coordenador Operacional – Unidade Paulista ( Gustavo – 12 anos)

“É uma sensação inexplicável, ele vem me atender no portão, da aquele abraço, conversamos sobre o dia, jogamos vídeo game, jantamos, nossa fantástico, ahhh e claro ele me cobra um celular novo…(risos)”

Samuel – Motoboy – Unidade Alphaville – ( Beatriz e Laura – 3 e 2 Anos)

“É um prazer enorme encontrar minhas baixinhas, me sinto grato a Deus por ter me confiado elas, não tenho palavras para descrever o meu amor.”

Raul Teixeira – Supervisor Operacional – ( Alícia e Laís, 9 e 6 anos)

“Eu corro mais pra chegar em casa e vê-las do que para vir trabalhar, no trabalho chego em 30 minutos, para reencontra-las faço até em 15. (Risos)

Ozaildo – Motoboy – Unidade Alphaville ( Amanda – 5 anos)

“Me sinto realizado, valeu a pena todo o esforço do dia, e o engraçado é que posso estar cansado mais ao ve-la minhas forças se renovam, dai brincamos até tarde (Risos)”

Anderson – Motoboy – Unidade Guarulhos – (Gabrielly – 5 anos)

“Me sinto especial, por ter essa jóia preciosa em casa, ela é meiga carinhosa, e me faz sentir o cara mais sortudo do mundo, amo minha filha”

Claudinei – motoboy – Unidade Paulista – (Bernardo 4 meses)

“A melhor coisa do mundo é chegar em casa e ver meu filho, isso renova minhas forças e recarrega minhas energias”

Redução velocidade máxima das Marginais em São Paulo

sample
Foto: Cesar Ogata/ Secom (08/07/2015)

Foto: Cesar Ogata/ Secom (08/07/2015)

Ei! Você que usa as Marginais Tietê e Pinheiros diariamente, atenção!

Fizemos esta matéria para você!

A redução de velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros, começa a ser válida a partir do dia 20/07, as velocidades nas pistas expressas cairá de 90km/h para 70km/h. Nas pistas locais e centrais, a redução será de 70 km/h para 60km/h. E em alguns trechos como em curvas e onde há faixas de ônibus, a diminuição será de 60 km/h para 50 km/h.

Segundo a prefeitura o objetivo dessa mudança é garantir a segurança de todos que trafegam diariamente por essas rodovias, minimizando assim acidentes e transtornos maiores decorrentes do excesso de velocidade.

Vamos as estatísticas?

Duas das principais protagonistas de acidentes, as marginais, tiveram em 2014 na capital, 1.180 acidentes com vítimas – os quais deixaram 1.399 feridos. Só no trânsito da marginal Pinheiros, foram 786 vítimas – 754 em acidentes graves, com 33 mortes. Já na marginal Tietê 645 pessoas ficaram feridas em acidentes, e 40 morreram. Dados fornecidos pela CET.

Atenção, Além das duas marginais, as avenidas Aricanduva e Jacu-Pêssego, duas das principais vias da zona leste, também terão redução de velocidade nas próximas semanas – de 60 km/h para 50 km/h.

Ação – TRB Social

sampleNo natal de 2014 a TRB participou de uma ação social para transformar o natal de crianças carentes da comunidade Paraguay no Jardim Varginha, zona sul de São Paulo.

O Supervisor operacional, Raul Teixeira, coordenou a ação de Natal e todos os funcionários da Transbritto participaram. Os funcionários doaram brinquedos novos para as crianças e a Transbritto, além das doações, emprestou os carros utilitários que se transformaram em verdadeiros trenós na entrega dos brinquedos.

Foi um verdadeiro sucesso! Cerca de 150 crianças ganharam um presente de Natal. Nosso supervisor Raul se transformou em Papai Noel e além dos brinquedos conseguimos levar um pouco de esperança á essas crianças tão sofridas que muitas vezes ganham somente esse brinquedo no Natal.

No próximo ano tem mais, para participar envie um e-mail para supervisaooperacional@transbritto.com.br

Campanha do Agasalho 2013

sample

Os colaboradores das empresas atendidas pela Transbritto que desejarem participar da campanha podem entregar sua doação para nosso motoboy ou motorista, a doação será encaminhada para a FUSSESP.

A Campanha do Agasalho é uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo – FUSSESP, tendo como parceiros todas as Secretarias de Estado, empresários e a sociedade civil.

O FUSSESP, com o apoio dos diversos segmentos da sociedade, planeja estratégias, estabelece locais de arrecadação e coordena ações para ajudar milhares de famílias carentes a enfrentar o inverno com mais segurança, dignidade e calor humano.

As doações são encaminhadas às entidades assistenciais, hospitais, albergues da Capital e de todos os Municípios do Estado de São Paulo.

Dúvidas de como participar encaminhe e-mail para : comercial@transbritto.com.br com Juliana Trapanotto e Gisele Soares.

Reprodução: http://www.campanhadoagasalho.sp.gov.br/conteudo/campanha.html

Parabéns! São Paulo 458 anos.

sample

Hoje é aniversário de 458 anos São Paulo, a cidade que assim como nós não para. A Transbritto se sente parte desta festa, pois somos líder no segmento de Transportes Express do coração econômico da América Latina!

O dia a dia do motoboy é respirar São Paulo e seguir no seu ritmo, atendendo todos os serviços com rapidez no menor tempo e com máxima segurança, este é o desafio que nos move.

Em um ritmo determinado por paulistas, paulistanos e gente de todo o estado, que São Paulo acolhe muito bem, o motoboy fala todas as línguas, conhece todas as ruas e sabe onde estão todos os serviços.

Você não para, a cidade não para e nós também não paramos; queremos lhe auxiliar nesta correria frenética que já se tornou um marco da nossa cidade e é por isso que nossos motoboys querem trabalhar por vocês, com agilidade! Garantindo sua tranquilidade nesta cidade tão agitada.

Parabéns São Paulo, é aqui que o Brasil cresce! E nós somos o crescimento, os motoboys são fundamentais para o crescimento da cidade, participamos com alegria nesta comemoração!

Contamos com você para dar continuidade nessa história de sucesso!

O que é a terceirização de serviços

Quero entender melhor a terceirização de serviços

Terceirização é a transferência de atividades-meio (não essenciais) da empresa para os profissionais contratados para a execução das mesmas. É a garantia para que a empresa concentre suas energias nas atividades-fim. A atividade não essencial na empresa mãe passa a ser a atividade principal na terceirizada. Na terceirização os parceiros têm interdependência empresarial estabelecendo-se uma relação de confiança.

Até a presente data, a legislação não permite a terceirização da atividade-fim. A subcontratação desta gera, necessariamente, vínculo empregatício. Exemplo: a atividade-fim de uma padaria é a de fazer pão, mas para funcionar, a padaria, precisam ter vários outros serviços, como o de limpeza, que assim como serviço de portaria é uma atividade-meio. Podendo, então ser terceirizada.

A transferência de atividades para fornecedores especializados, como a Transbritto que detém tecnologia de logística própria e moderna e tem como “atividade terceirizada” sua atividade-fim, Garante a tomadora disponibilidade para concentrar seus esforços gerenciais em seu negócio principal, preservando e evoluindo em qualidade e produtividade, reduzindo custos e ganhando competitividade.

Benefícios da terceirização de serviços:

  1. Permitir que os executivos concentrem os seus esforços e talento na atividade principal, aprimorando as atividades-fim. O empresário obtém maior qualidade e ganha em competitividade;
  2. Facilitar o desenvolvimento tecnológico. A empresa passa a contar com parceiros que são especialistas no que fazem;
  3. Incrementar a qualidade e a produtividade de seus produtos e processos;
  4. Obter uma composição mais adequada da produção, menos sensível à oscilação de mercado.