Homenagem dia dos Pais

sampleDesenhos feitos pelos filhos dos nossos colaboradores, confira mais fotos no rodapé.

O dia dos pais é uma data muito especial, é o momento que nos dedicamos a oferecer mais atenção, amor e carinho aquele que fez tudo isso por nós todos os dias desde o nosso nascimento.

Pai é o herói de cada família, os filhos se espelham em seu exemplo, para as suas próprias vidas, muitos crescem e seguem a mesma profissão dos pais. A figura paterna é na maioria das vezes a imagem predominante de um lar, é a presença de respeito e autoridade, mais também representa aquele colo acolhedor, aquele conselho sábio e é claro a proteção.

Quem nunca contou com seu pai para soltar pipa num dia de sol, ou ensinar a andar de bicicleta, andar no parque, comprar doces, são tantos momentos que passamos juntos que não poderíamos deixar de agradecer a esses heróis por fazerem parte da nossa vida.

Pensando nisso a TRB, fez uma homenagem aos papais da transbritto, que fazem parte desse universo familiar, e perguntamos para cada um deles, “Como você se sente chegando em casa todos os dias após um dia de trabalho, revendo seus filhos”, e as respostas foram as mais emocionantes possíveis, confira:

Maurício – Gerente Comercial – (Isabel – 3 anos)

“Eu sinto que valeu a pena, o esforço de acordar cedo, enfrentar trânsito, desafios corriqueiros de uma empresa de transportes, nada mais gratificante do que ouvir “O papai chegou !!” “O papai chegou !!” “O papai chegou !!”

Fagner – Motoboy – Unidade ABC – (Yasmin – 6 anos)

“Me sinto um super herói, porque é assim que ela me vê, então brinco, converso, e esqueço de tudo, pra viver aquele momento com ela.”

Jair – Motoboy – Unidade Paulista – (Yasmin – 9 meses)

“Satisfação, essa é a palavra que descreve o que eu sinto, não vejo a hora que terminar o dia de trabalho pra chegar em casa e encontrar minha bebê.”

Antônio Geraldo – Motoboy – Uni. Alphaville – ( Manoela – 5 anos)

“Me sinto abençoado, me acalma, ver o rostinho dela feliz, vale a pena”

Fernando – 32 anos – Unidade Paulista ( Guilherme e Fernanda –7 e 11 anos )

“Me sinto feliz, com sensação de dever cumprido, sabendo que venci mais um dia”

Rodrigo – Coordenador Operacional – Unidade Paulista – (Davi Luiz – 1 Ano)

“É uma delícia, meu presente de Deus, a melhor sensação, saio correndo pra chegar em casa e ver aquele rostinho lindo.”

Claudemiro – Motoboy – Unidade Alphaville ( Thamires e Kaique – 15 e 8 anos)

“Sinto satisfação, orgulho de voltar pra casa, e o mais importante inteiro, com saúde e em paz, dever cumprido”

Júlio César – Motoboy – Uni. Vila Olímpia – ( Christian e Gabriely, 19 e 13 anos)

“Me sinto feliz chegar em casa e ver, abraçar e poder beijar eles. Beijo e abraço tanto que chegam a ficar enjoados kkkkk… amo muito! ”

Sidney – Coordenador Operacional – Unidade Paulista ( Gustavo – 12 anos)

“É uma sensação inexplicável, ele vem me atender no portão, da aquele abraço, conversamos sobre o dia, jogamos vídeo game, jantamos, nossa fantástico, ahhh e claro ele me cobra um celular novo…(risos)”

Samuel – Motoboy – Unidade Alphaville – ( Beatriz e Laura – 3 e 2 Anos)

“É um prazer enorme encontrar minhas baixinhas, me sinto grato a Deus por ter me confiado elas, não tenho palavras para descrever o meu amor.”

Raul Teixeira – Supervisor Operacional – ( Alícia e Laís, 9 e 6 anos)

“Eu corro mais pra chegar em casa e vê-las do que para vir trabalhar, no trabalho chego em 30 minutos, para reencontra-las faço até em 15. (Risos)

Ozaildo – Motoboy – Unidade Alphaville ( Amanda – 5 anos)

“Me sinto realizado, valeu a pena todo o esforço do dia, e o engraçado é que posso estar cansado mais ao ve-la minhas forças se renovam, dai brincamos até tarde (Risos)”

Anderson – Motoboy – Unidade Guarulhos – (Gabrielly – 5 anos)

“Me sinto especial, por ter essa jóia preciosa em casa, ela é meiga carinhosa, e me faz sentir o cara mais sortudo do mundo, amo minha filha”

Claudinei – motoboy – Unidade Paulista – (Bernardo 4 meses)

“A melhor coisa do mundo é chegar em casa e ver meu filho, isso renova minhas forças e recarrega minhas energias”