Comunicado: Repasse periculosidade motoboys

sampleFoi sancionada nesta quarta-feira, 18 de Junho de 2014, pela presidenta Dilma Rousseff, a Lei 2865/2011 que reconhece as profissões de mototaxista, motoboy, motofrete e de serviço comunitário de rua como atividades perigosas. Ostrabalhadores da categoria passam a ter direito ao adicional de periculosidade de 30% sobre o valor do salário.

Os sindicalistas acreditam que tal acréscimo servirá como estimulo para que os profissionais da classe prestem serviços apenas em regime CLT e conseqüentemente aumentem o número de profissionais regularizados.

O departamento jurídico da Transbritto, confirma a legitimidade da nova legislação. No entanto para efetivar o acréscimo aos nossos colaboradores aguardaremos a regulamentação pelo Ministério do Trabalho. Até a presente data este processo ainda não aconteceu.

Desde que iniciamos nossas atividades a Transbritto tem desenvolvido suas atividades de forma regularizada e procura manter uma de suas tradições e diferencias, acompanhando, esclarecendo e implementando todas as normatizações estipuladas pelo governo, sindicatos e órgãos reguladores.

Informamos nossos clientes e parceiros, que o repasse dos 30% estipulados pela lei, só será aplicado após a regulamentação do Ministério do Trabalho.

Para mais informações, segue o link para acesso: http://www.brasil.gov.br/governo/2014/06/dilma-sanciona-lei-que-aprova-adicional-a-mototaxistas